Página principal
01-01-2017

Pronunciamentos por Vereador

Bruno Cunha (PSB) – Vice-Presidente

  • bruno_cunha2016

    Histórico

    O vereador Bruno Horwatitsch Cunha tem 29 anos. Foi eleito pelo PSB com 4.829 votos. Advogado, professor universitário, empresário e agente de mudança. Graduado em Direito, especialista em Direito Público e Mestre em desenvolvimento Regional. Desde a juventude, engajado em diversas entidades e projetos comunitários. Apaixonado pelo terceiro setor, destaca-se pelo seu envolvimento com a inovação, sustentabilidade, acessibilidade e proteção animal. Inovou na utilização de materiais reciclados e no uso das mídias sociais para divulgação de suas ideias. Impulsionado pelo público jovem chega à Câmara com a responsabilidade de ser o vereador mais novo da legislatura e o mais votado de seu partido no Estado.

Pronunciamentos


14/03/2019

O vereador Bruno Cunha (PSB) comentou a realização da audiência pública proposta por ele na Câmara, na última terça-feira (12), para discutir as políticas de proteção animal. Ressaltou que a diretora do Cepread, Neusa Felizetti, anunciou a parceria para a castração de animais com a FURB. Agradeceu a presença das instituições, ONGs, protetores independentes, autoridades e aos vereadores que participaram do debate. Disse que o presidente da Associação dos Moradores da Ponta Aguda, Cleber, esteve em seu gabinete na manhã desta quinta-feira (14), apresentando algumas demandas da comunidade e que ele vai dar o encaminhamento necessário. Falou sobre a sanção do projeto que institui o Janeiro Branco para a conscientização sobre a saúde mental, de sua autoria, em atendimento a pedidos de psicólogos e outros profissionais ligados à saúde no município. Lamentou que não houve o ato oficial da sanção do projeto pelo Executivo. Disse que isso é um desrespeito para com a cidade, mas que ele fez o ato em seu gabinete. Criticou que posturas desse tipo por parte do Executivo são antidemocráticas e que sempre manterá a postura de votar pelo que acredita que vem em benefício da sociedade. Também criticou severamente a construção de uma calçada na Rua Gustavo Zimmermann, cujo projeto não foi planejado e é totalmente adverso ao que diz respeito a acessibilidade e à inclusão. Ironizou dizendo que a obra mais parece uma pista de skate, devido às ondulações. Afirmou que a população está revoltada. Em outro momento falou sobre a reivindicação ao Seterb de que os recursos advindos de multas possam ampliar a Bike Patrulha. Anunciou que vai apresentar um projeto de lei para impossibilitar que condenados pela Lei Maria da Penha ocupem cargos comissionados na administração pública. Fonte: Assessoria de Imprensa Foto: Lucas Prudêncio | Imprensa CMB


Histórico de Pronunciamentos do vereador: