Página principal
01-01-2017

Conheça a Câmara

Marcelo Lanzarin (PMDB) – 2º Secretário

  • lanzarin2016

    Histórico

    O vereador Marcelo Lanzarin é brasileiro, natural do Rio de Janeiro, formado em medicina pela Universidade Federal de Santa Maria-RS.
    Em Blumenau, atuou como médico na rede municipal de saúde, como coordenador das unidades de saúde, gerente de atenção básica e diretor de ações em saúde. Em 2009 assumiu o cargo de secretário de saúde e tornou pública a fila de espera de cirurgia de média complexidade.
    Hoje Blumenau é o único município do Brasil que permite ao usuário do SUS acompanhar pela internet sua posição na fila de cirurgia. Implantou também a gerência de planejamento e captação de recursos, que em quatro anos cadastrou mais de dez milhões de reais em projetos no Fundo Nacional de Saúde. Isso permitiu a aquisição de novos equipamentos, renovação da frota de veículos e reforma em implantação de novas unidades de saúde.
    Como vereador pretende ampliar o debate sobre as questões da saúde, tornar pública a fila de espera para exames de alta complexidade e consultas, além de continuar a discussão sobre o plano de carreira dos servidores da saúde, e ampliar o benefício do adicional de função para os demais membros da equipe de estratégia de saúde da família.
     
    PROJETOS APRESENTADOS INDICAÇÕES REQUERIMENTOS PRONUNCIAMENTOS   NOTÍCIAS  LISTA DE PRESENÇA
     
    Contatos
    Gabinete: 103
    Telefone: (47) 3231-1506
    Email: drmarcelolanzarin@camarablu.sc.gov.br
    Assessoria
    Chefe de Gabinete: Ana Débora Gomes
    Assessora Política: Gabriela Campigotto
    Assessora Política: Graciana Aparecida Beck

Pronunciamentos


10/10/2017

O vereador Marcelo Lanzarin (PMDB) comentou o anúncio da renovação do convênio do governo do estado com o Hospital Santo Antônio no valor de R$ 8,8 milhões divididos em 12 parcelas. Ressaltou que o valor está muito aquém do que merece o hospital por sua característica de atendimento regional, e não municipal. Disse que um hospital regional não custaria menos de R$ 12 milhões por mês e por isso é importante que a cobrança por mais recursos continue. Testemunhou que sua filha precisou de atendimento no hospital e foi muito bem atendida. Frisou que houve um lapso de tempo entre o término de um convênio e a assinatura de outro. Disse que os recursos de custeio de três meses devem ser cobrados e sugeriu que sejam diluídos nas parcelas a serem quitadas. Falou ainda que nesta terça-feira (10) é comemorado o Dia Mundial da Saúde Mental. Disse que os atendimentos nessa área são realizados nos Caps do município e as internações no Hospital Santo Antônio. Cumprimentou os profissionais que realizam esses atendimentos e lembrou que eles aguardam a remuneração prevista no plano de carreira dos servidores da saúde. Ao final, falou sobre a falta de vagas em creches e sugeriu que seja feita a regulação das vagas, priorizando as famílias mais carentes, como já acontece na área da saúde. Fonte: Assessoria de Imprensa CMB Foto: Jessica de Morais CMB


Histórico de Pronunciamentos do vereador: