Menu

Câmara Mirim realiza primeira sessão ordinária do ano

Câmara Mirim realiza primeira sessão ordinária do ano

A Câmara Mirim de Blumenau realizou, na manhã desta segunda-feira (2), a primeira sessão ordinária da Legislatura 2020. A reunião, que aconteceu no plenário da Câmara Municipal, contou com as presenças do vereador mirim suplente Felipe Teixeira da Silva, representante da Escola Básica Municipal Professor Friedrich Karl Kemmelmeier e da coordenadora do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), Dalva Aparecida Rodrigues da Silva, que utilizaram a Tribuna Livre.

O vereador mirim suplente discorreu sobre igualdade na sociedade. Disse que igualdade é a inexistência de diferenças e a oportunidade de todos terem condições de direitos e deveres iguais, não importando a raça, o gênero, o credo, a sexualidade. Apontou que sente orgulho em fazer parte da Câmara Mirim e de sua prima também vereadora mirim e presidente mirim fazer parte do programa, sendo que são negros. “A nossa linhagem ao longo da história foi escravizada e entristece ver a segregação e o preconceito ainda presentes na sociedade. O machismo, o preconceito e o racismo ainda estão presentes nos dias de hoje nas escolas e na política, por exemplo, e o preconceito não se aplica só a cor de pele, mas também à sexualidade, por exemplo. Que você mulher tenha a coragem de estar no lugar onde vocês estão hoje. Que você da comunidade LGBT não tenha mais medo de quem você é e você negro ou branco seja sempre respeitado, não importando as circunstâncias”.

O estudante defendeu a igualdade a todos os seres humanos, oportunizando direitos e deveres iguais. “A igualdade não quer dizer que somos iguais, mas sim termos direitos e deveres iguais. Nós devemos compartilhar conhecimento e, acima de tudo, carinho. Nós devemos aprender uns com os outros e ensinar uns aos outros, sermos mais unidos e humanos. O amor está também em aceitar o próximo”, finalizou, dizendo que é preciso explorar as diferenças, mas manter sempre a união e a harmonia.

Em seguida, a coordenadora do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), Dalva Aparecida Rodrigues da Silva, ocupou a tribuna para divulgar o que é o conselho, que atualmente é regulamentado Lei Complementar nº 411 de 2003, com suas alterações. “É o principal espaço para discussão e formulação das políticas de atenção a criança e ao adolescente no município. Este conselho é articulador e parceiro cumprindo seu papel enquanto órgão deliberativo, normatizador e controlador da política de atendimento aos direitos da criança e do adolescente”, explicou, acrescentando que é composto por 12 membros, sendo seis conselheiros titulares e respectivos suplentes, indicados por órgãos governamentais e não governamentais do município. Ela também apresentou a sua equipe e a estrutura organizacional do órgão. Por fim, convidou os parlamentares mirins a participar das assembleias/plenárias, que são públicas e abertas à comunidade.

Também fez uma explicação sobre o ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente). “Precisamos pensar em que crianças e adolescentes estamos formando para o planeta, como estão sendo conscientizados e educados para viver em sociedade e quais valores estão sendo repassados. É preciso que a população conheça o estatuto e saiba interpretá-lo. A partir desta legislação, as crianças e adolescentes recebem atenção prioritária e de relevância, sendo conferidos todos os direitos fundamentais dos adultos. Além disso, eles têm uma proteção especial em virtude de ainda não terem completado seu desenvolvimento. É dever de todos tratar este público com respeito e atenção em razão de sua dignidade e bem-estar no presente para garantir um futuro melhor para a sociedade”, concluiu.

Logo após, os vereadores mirins titulares utilizaram pela primeira vez a tribuna durante a sessão para realizar seus pronunciamentos. A maioria dos estudantes abordou sobre a trajetória para chegar ao programa e também as perspectivas, propostas e reinvindicações que esperam realizar durante o mandato. Também em um dos discursos foi feita uma homenagem ao sargento da reserva da Polícia Militar de Blumenau, Marcos Joel Nieus Luiz, que faleceu no último dia 21 de fevereiro.

A próxima sessão será realizada no dia 16 de março, às 15 horas, no plenário da Câmara Municipal.

Veja Também!

Galeria de Fotos do Instagram


Fonte: Assessoria de Imprensa CMB
Foto: Lucas Prudêncio | Imprensa CMB

This is a unique website which will require a more modern browser to work!

Please upgrade today!

Skip to content