Menu

Comissão de Defesa Civil faz balanço da visita aos diques da cidade e trabalha na busca de recursos com o Governo do Estado

Comissão de Defesa Civil faz balanço da visita aos diques da cidade e trabalha na busca de recursos com o Governo do Estado

 

A Comissão Permanente de Defesa Civil se reuniu na manhã desta terça-feira (23), no Plenário da Câmara, para fazer um balanço da visita técnica que os parlamentares fizeram na última sexta-feira (19) aos cinco diques da cidade e definir as próximas ações da Comissão. Estiveram presentes na reunião o presidente, vereador Carlos Wagner – Alemão (PSL), o vice-presidente, vereador Almir Vieira (PP), o relator, vereador Alexandre Matias (PSDB), e o assessor parlamentar do vereador Adriano Pereira (PT), que é membro. O vereador Maurício Goll (PSDB), que também é membro, justificou ausência.

 

O vereador Alexandre Matias, que esteve presente na visita, lembrou que a comissão foi a campo conhecer as estruturas dos cinco diques do município e apontou que foi uma visita importante para poder acompanhar de perto o estado em que se encontram essas estruturas. “Observamos que as manutenções por parte da prefeitura vêm acontecendo, os diques estão em ótimas condições e com as manutenções em dia, inclusive com parceria da inciativa privada, mas nossa maior preocupação é a questão da energia elétrica e com relação a falta de geradores em alguns deles, como na estrutura da Vila Nova. Sabemos que numa eventualidade pode acontecer de sair a energia e os nossos diques não têm produção própria de energia, então ficaríamos sem esses equipamentos. Nós vimos o quanto essas estruturas são importantes e podem amenizar, em momentos de enchentes ou enxurradas, os danos às pessoas da cidade, então não podemos correr qualquer risco de que esses equipamentos não estejam 100% em funcionamento em um momento de dificuldade”, relatou, adiantando que a comissão vai batalhar para notificar o Governo do Estado para verificar a possibilidade do Estado arcar com os recursos necessários para a compra desses geradores para os diques da cidade. O vereador também chamou atenção para o Dique Antônio Treis, no bairro Vorstadt, que possui motor de combustão. Ele destacou os relatos do vereador Alemão que acompanha a história daquele dique junto àquela comunidade.

 

O vereador Almir Viera não participou da visita devido a outra agenda, mas também fez coro na reunião com o colega parlamentar na questão dos geradores em alguns diques. O parlamentar apontou que a falta de geradores faz com que esses equipamentos percam sua finalidade em uma eventual enchente ou enxurrada, pois disse que nesses momentos acabam ocorrendo as quedas de energia elétrica. “Um exemplo é o Dique da Fortaleza. Já foi orçado várias vezes e é um aporte milionário para o tamanho daquela estrutura na região, mas é de extrema importância. É necessário que o Governo do Estado e a prefeitura tenham essa preocupação e nós vereadores façamos a cobrança para que o mais rápido possível isso aconteça”, ressaltou, destacando que a prevenção evita maiores danos e problemas à sociedade.  

 

O vereador Carlos Wagner – Alemão esteve presente na visita, e lembrou que a sua luta pelos diques é histórica, pois acompanha essas estruturas há muito tempo. “Os equipamentos estão dentro da expectativa, conheço os diques há muito tempo e sabemos que alguns têm problemas que são antigos, como por exemplo o PI5 da Fortaleza, que foi projetado para seis bombas, mas só tem duas bombas. Já estamos há 20 anos esperando”, relatou. O parlamentar Alemão adiantou que o próximo passo da comissão é receber a relação do secretário municipal de Defesa Civil, Carlos Olimpio Menestrina, dessas demandas e das demais necessidades de investimentos de cada um dos diques individualmente para fazer um ofício e encaminhar ao Governo do Estado, especificamente para a Secretaria de Defesa Civil do Estado e ao governador Carlos Moisés, a fim de buscar os recursos. “Cada dique tem uma necessidade específica de investimentos, mas nesta relação já se inclui uma bomba para o PI5 – Dique da Fortaleza, que custa mais de 1,5 milhão de reais e também um gerador que custa mais de 3 milhões”, adiantou o vereador, acrescentando que os recursos serão retirados do pacote de investimentos em infraestrutura de R$ 350 milhões que o Governo do Estado anunciou para Blumenau. A próxima reunião da comissão ainda não tem data definida.

 

Veja Também

A galeria de fotos da Comissão

O vídeo da reunião

 

Galeria de Fotos do Instagram

 


Fonte: Assessoria de Imprensa CMB | Foto: Denner Ovidio | Imprensa CMB

This is a unique website which will require a more modern browser to work!

Please upgrade today!

Skip to content