Menu

Comissão de Telefonia ouve atualizações das operadoras e conhece plano de investimentos da empresa Oi

Comissão de Telefonia ouve atualizações das operadoras e conhece plano de investimentos da empresa Oi

A Comissão Legislativa Temporária Especial de Análise dos Serviços de Telefonia de Blumenau se reuniu por videoconferência na manhã desta terça-feira (21) com representantes das operadoras Claro, TIM, Oi e Vivo. Participaram o presidente da Comissão, Adriano Pereira (PT) e a vereadora membro Cristiane Loureiro (Podemos). Também esteve presente o coordenador do Procon, André da Cunha. Já o vereador Maurício Goll (PSDB) justificou ausência.

 

Na última reunião, nenhum representante da operadora Oi esteve presente, mas desta vez, sua equipe técnica participou e apresentou os planos de investimentos na cidade. As demais operadoras aproveitaram para atualizar as informações, os desdobramentos e algumas novidades relacionadas aos investimentos de telefonia no município, diante do que foi apontado na última reunião no dia 10 de agosto.

 

O gerente de engenharia e implantação da regional sul da operadora Claro, Márcio Martini, relatou, conforme a última reunião, que a operadora vem fazendo investimentos constantes na cidade. Apontou que das 51 atividades previstas já foram concluídas 33 com a ampliação das antenas existentes no município e apontou aquelas duas novas antenas nos dois bairros comentadas na reunião anterior, estão previstas para o primeiro trimestre de 2022, por questão de licenciamento ambiental. Além disso, ele acrescentou que a operadora está trabalhando no planejamento de novas atividades para o ano que vem e assim que estiver estabelecido o planejamento será comunicado à comissão.

 

Cleber Affanio, gerente de relações institucionais da operadora TIM, recordou que no último encontro foram apresentados os investimentos feitos como a aplicação de capacidade e a instalação de três antenas novas. Apontou que uma delas será na região da Nova Rússia e que chamou atenção da comissão por ser numa área mais afastada do Centro. Ele explicou que para a instalação desta torre a empresa está trabalhando em um processo mais complexo de um tipo específico de licenciamento ambiental com o IMA (Instituto do Meio Ambiente de Santa Catarina) para conseguir a instalação. “É um processo mais moroso. Nós estamos tentando viabilizar uma reunião com o IMA para tratar deste assunto específico. Estamos dependendo deste licenciamento ambiental para seguir em frente”, disse, acrescentado que encaminhou protocolos sobre isso à comissão. Cleber Affanio informou ainda que as outras duas antenas novas estão em processo de implantação e devem entrar em funcionamento em 2021, uma no bairro Passo Manso e a outra na Velha Central. O presidente da comissão Adriano comunicou que recebeu esta demanda e foi feito um requerimento, já aprovado pela Câmara e que deve ser encaminhado ao órgão ambiental, pedindo atenção e agilidade ao processo.

 

Os representantes e a equipe técnica da operadora Oi também estiveram presentes por videoconferência e detalharam os investimentos para a cidade. Edson Costa, da área de relacionamento e defesa do consumidor, relatou os investimentos feitos pela Oi, no último semestre, no Estado de Santa Catarina. Apontou que a operadora continua em recuperação judicial e está focando em fibra ótica. Informou que, no primeiro semestre, foram investidos 103 milhões no Estado para ampliar a capacidade de instalação de fibra ótica. Em Blumenau, apontou que atualmente a banda larga tem um percentual maior em fibra do que em cabo metálico. Apontou que isso permitiu a entrada de 90 mil clientes na fibra ótica no primeiro semestre. Ressaltou que a Oi fechou o semestre com a capacidade e a possibilidade de instalar e dar acesso do fixo da banda larga via fibra a 450 mil pessoas que quisessem fazer a contratação com a operadora. Lembrou que a fibra atende a telefonia fixa, mas também o pacote de TV em cima da fibra.

 

O presidente Adriano questionou se existe alguma previsão de investimentos da operadora na questão da instalação de novas antenas para melhoria da qualidade do sinal, principalmente nas áreas mais afastadas da cidade. Edson Costa informou que não existe por enquanto um projeto de ampliação de antenas, mas disse que vai passar esta demanda para a equipe interna responsável da operadora e posteriormente traz um posicionamento para a comissão. Ele também explicou como está o andamento do processo de venda da telefonia móvel da Oi. “Este processo ainda está se consolidando, ainda faltam os trâmites mais formais com a venda para a Vivo, Claro e TIM. Existem ainda algumas aprovações a serem feitas pela Anatel e também não se sabe como será esta migração e incorporação pelas operadoras, mas vai ter um período de transição para que não tenha impacto para o cliente”, esclareceu.

 

Também outro representante da Oi falou sobre a questão da telefonia fixa e rede externa, como cabos que estavam baixos. Informou que de janeiro até o momento foi regularizada a rede de 1500 postes que a Celesc faz a troca e também de aproximadamente 270 postes com situações do dia a dia em postes não trocados pela Celesc com fiação baixa e cabos que precisavam de ajustes.

 

Outro técnico da operadora Oi falou sobre a área de operação da rede móvel. Informou que a operadora atua com as três tecnologias em Blumenau. Apontou que na tecnologia 2G existem 44 pontos de antenas, na tecnologia 3G são 33 sites e 78 sites na tecnologia 4G. Disse que esses últimos estão distribuídos em duas frequências distintas, sendo 43 sites com sua rede própria e a outra frequência com 45 sites compartilhados com a rede da Vivo. Ressaltou que Blumenau tem um relevo peculiar e que dificulta a cobertura do sinal de celular devido às obstruções de morros e construções, o que também dificulta o processo de investimentos e instalação de novas torres e antenas. Apontou que nos últimos anos foram implementados dois sites, um no bairro Fortaleza e um no bairro Velha Grande, para melhorar um pouco a cobertura deficitária. Também informou que a Anatel exige das operadoras um percentual acima de 85% da área urbana do município seja atendido pela rede de celular. Apontou que a Oi está no 2G com cobertura de 94%, no 3G com 90% e no 4G com 95% da área urbana considerada pela Anatel.

 

O coordenador do Procon, André da Cunha, destacou o trabalho feito e o serviço prestado pelas operadoras na cidade de Blumenau. Apontou que existem problemas e contratempos, mas que as operadoras têm buscado solucionar os problemas a cada dia mais rápido para o consumidor. Também ressaltou que o Procon tem uma relação próxima e de diálogo com as operadoras e acabam sempre estando disponíveis para tratar das demandas. Reconheceu que a demanda é grande e que as operadoras têm se esforçado, mas salientou que precisam sim investir em melhorias e cobertura de sinal, principalmente em áreas mais afastadas e que o morador não pode ficar sem sinal, principalmente nos momentos mais urgentes e também quando ocorrem quedas de energia e temporais. Apontou que a qualidade de atendimento é satisfatória.

 

O presidente Adriano Pereira encerrou a reunião dizendo que tem recebido dos moradores muitas reclamações na questão da cobertura de sinal de telefonia nas áreas mais afastadas do Centro, como na região da Vila Itoupava, na região das Tatutibas na Itoupava Central e também no Progresso, na região Sul da cidade. Apontou que nesses locais as pessoas sofrem sem acesso à telefonia e sem acesso à internet. Fez um apelo para as operadoras que incluam essas áreas no radar de investimentos e nos seus planejamentos. Por fim, agradeceu os participantes da reunião por todas as colaborações e informações prestadas à comissão. Ressaltou a importância do diálogo permanente entre a Câmara, as empresas e o Poder Executivo para se avançar nesta área. Informou que será agendada uma data para a próxima reunião e comunicada posteriormente.

 

Veja Também!

A galeria de fotos da reunião

O vídeo na íntegra da reunião da Comissão

 

Galeria de Fotos do Instagram

 


Fonte: Assessoria de Imprensa CMB | Fotos: Denner Ovidio | Imprensa CMB

This is a unique website which will require a more modern browser to work!

Please upgrade today!

Skip to content