Menu

Historiadora ocupa a tribuna livre para falar sobre pesquisa histórica das casas de comércio da Rua XV

Historiadora ocupa a tribuna livre para falar sobre pesquisa histórica das casas de comércio da Rua XV

 

A historiadora Ana Maria Ludwig Moraes ocupou a Tribuna Livre da Câmara para falar sobre a realização de pesquisa histórica das casas de comércio da Rua XV de Novembro, por iniciativa do Sindilojas – Sindicato do Comércio Varejista de Blumenau.

 

O trabalho resultou na edição do livro “Rua XV – O desfile do tempo”. Disse que o mapeamento foi iniciado há cinco anos, a partir de 1850, utilizando como fonte de pesquisa os jornais e publicações da época. Para tanto, dividiu o tempo de Blumenau em quatro períodos, desenhando um mapa com a localização das casas de comércio.

 

Como forma de auxiliar no entendimento e identificação das casas, ela produziu uma tabela de apoio com o nome da casa comercial, do proprietário, endereço, período de referência e a fonte de onde a informação foi retirada. A historiadora lembrou que ao longo da pesquisa percebeu coisas interessantes a respeito do patrimônio cultural e como foi a ocupação do espaço da Rua XV. Chamou atenção para o Centro Histórico, onde existia uma quantidade expressiva de casas de comércio e do poder público, mas que ao longo do tempo foi sofrendo um esvaziamento.

 

Ela considerou o trabalho surpreendente, tendo feito uma contextualização de cada período e procurando não particularizar a história em função de pessoas, mas do coletivo. Durante a apresentação, Ana Maria lamentou que o início da verticalização do centro da cidade tenha levado ao desaparecimento de edificações históricas que marcaram época.

 

Também chamou atenção para a manutenção da identificação cultural de Blumenau, dizendo que a poluição visual é muito séria, escondendo as edificações. “Existe legislação de preservação de fachadas, mas não se percebe a aplicação, para que a rua e a cidade não percam sua característica cultural”.

 

Por fim, lembrou que o trabalho foi editado com recursos da Lei Rouanet e distribuído para a Secretaria de Cultura e escolas municipais. Uma segunda edição foi patrocinada pelo Sindilojas e está sendo comercializada. Ao final, conclamou os vereadores a conhecerem a obra.

 

Veja Também

O vídeo completo da sessão

A galeria de fotos da sessão

 


Fonte: Assessoria de Imprensa CMB | Foto: Denner Ovidio | Imprensa CMB

This is a unique website which will require a more modern browser to work!

Please upgrade today!

Skip to content