Menu

Ingo Penz critica a Prefeitura

Ingo Penz critica prefeitura por não autorizar participação da Banda Choppmotorrad em evento na Argentina

No início da sessão solene dessa terça-feira (17) o presidente da Associação Choppmotorradverein, Ingo Penz, falou sobre o Intercâmbio Cultural Internacional-Oktoberfest Villa General Belgrano-Córdoba/Argentina e lamentou que neste ano a Prefeitura não custeou a ida da comitiva blumenauense para o país vizinho, que objetiva promover e divulgar a cultura e tradição germânica de Blumenau, destacada pela Oktoberfest.

Discorreu sobre sua dedicação ao longo do ano em divulgar, por todo Brasil e América Latina, e atrair novos públicos para as festividades do município. Disse que o Intercâmbio Cultural Internacional-Oktoberfest Villa General Belgrano-Córdoba/Argentina teve início em 2008. Disse ainda que o prefeito Mário Hildebrandt não deu nenhuma satisfação ao prefeito da Villa General Belgrano/Argentina. Ressaltou que o envio do pedido foi realizado em 4 de setembro deste ano e ainda não obtiveram retorno. “É muito descaso”, declarou, assinalando que a justificativa da Vila Germânica em não custear a viagem é devido a dotação orçamentária.

Em seguida falou sobre uma recente entrevista com a imprensa com o ex-presidente da Vila Germânica, que afirmou que o superávit da edição de 2019 da Oktoberfest deve ser entre 5 a 6 milhões.
Penz criticou que mesmo havendo negado a solicitação de participação, a Banda Choppmotorrad está inclusa na programação do evento argentino. “Sem nenhuma resposta estão mantendo na programação oficial a participação da Choppmotorrad, tanto nos desfiles como apresentações no palco”, afirmou.

Por fim, pediu apoio e sensibilidade de todos os parlamentares para que se manifestem sobre o assunto e revertam a situação.

Em respostas às criticas de Ingo Penz, o vereador e líder do governo, Alexandre Matias, afirmou que recebeu na manhã desta terça-feira (17) as considerações da Vila Germânica com relação à negativa de viagem da comitiva para fazer a divulgação da Oktoberfest.

O parlamentar disse que com base em 2017 e 2018, o custo de viagem da comitiva para fazer a divulgação da Oktoberfest seria de 70 a 90 mil reais. Disse que outro inconveniente refere-se ao período das festividades na cidade Argentina, que coincidem com a Oktoberfest de Blumenau, tornando inviável a sua divulgação devido ao tempo curto para que os interessados se preparassem e virem a tempo de prestigiar a festa deste ano.

Ele também pontuou que quando a Prefeitura de Blumenau e o Parque Vila Germânica desejam a presença de alguma representatividade da Alemanha, por exemplo, em eventos festivos de tradição alemã, é o município de Blumenau que custeia a vinda e o cachê dos visitantes. Disse que a prefeitura da cidade argentina em questão, deveria fazer o mesmo e patrocinar a ida da comitiva blumenauense.

 

Veja Também!

A playlist completa no canal do youtube para assistir as manifestações realizadas durante o momento da Tribuna Livre na Câmara

Galeria de Fotos do Instagram

 


Fonte: Assessoria de Imprensa CMB | Foto: Lucas Prudêncio – Imprensa CMB

This is a unique website which will require a more modern browser to work!

Please upgrade today!

Skip to content