Menu

Orientações sobre uso de máscaras

Orientações sobre uso de máscaras

Seguindo orientações da OMS (Organização Mundial da Saúde) pedimos que todos utilizem máscara de proteção, pois existem pessoas assintomáticas com Covid-19 e a utilização deste acessório servirá como uma barreira física para algum tipo de contaminação por gotículas no ar.

Atualmente, todo mundo que sai do isolamento deve usar máscaras. Apesar de especialistas e estudos científicos apontarem que quem não possui sintomas respiratórios não precisa usar máscaras, o Ministério da Saúde mudou sua recomendação e passou a orientar que todos saiam de casa usando máscara (de tecido comum), para evitar justamente que os assintomáticos transmitam o vírus sem saber. Mas atenção: esse uso não significa que as outras medidas preventivas —lavar as mãos com água e sabão, distanciamento social, evitar colocar as mãos no rosto— devam ser deixadas de lado.

Além da utilização das máscaras deve-se seguir com outros cuidados, como lavar sempre as mãos, evitar ficar tocando olhos, bocas e nariz e manter cerca de 2 metros de distância de outras pessoas quando estiver na rua.

Outro cuidado importante ao usar máscaras (caseiras ou industrializadas) é evitar ficar ajeitando o acessório no rosto o tempo todo. “Na máscara caseira, a modelagem feita sem medidas específicas contribui para que o ajuste no rosto seja ruim, deixando a pessoa em risco se ela levar a mão ao rosto a toda hora”, avalia o infectologista Leonardo Weissmann, conselheiro da SBI (Sociedade Brasileira de Infectologia).

A máscara é uma barreira física e pode ser feita de pano por quem não tem outra alternativa. “Além de eficiente, é um equipamento simples, que não exige grande complexidade na sua produção e pode ser um grande aliado no combate à propagação do coronavírus no Brasil, protegendo você e outras pessoas ao seu redor”.

No caso das máscaras de pano, elas podem, e devem, ser lavadas após o uso. A recomendação é que elas sejam higienizadas com água e sabão, água sanitária ou hipoclorito de sódio. Devem ser deixadas de molho por 20 minutos, segundo o Ministério da Saúde, e deixadas para secar ao sol, de preferência —o uso deve ser feito com as máscaras completamente secas. A versão de tecido também deve ser usada por até duas horas ou até ficar úmida.

“Logo tudo isto será passado e fará parte de uma história vivida pelas nossas gerações. Que façamos dos dias difíceis um aprendizado sobre a vida e nós mesmos.”

 

Veja Também!

Outras ações de enfrentamento à pandemia do coronavírus em Blumenau

Galeria de Fotos do Instagram

 


Fonte: Graziele Aires – Cipa | Foto: Freepik – Banco de imagens gratuito

This is a unique website which will require a more modern browser to work!

Please upgrade today!

Skip to content