Menu

Plano Municipal de Arborização é assunto tratado na Comissão de Transportes com secretários de Planejamento e de Meio Ambiente

Plano Municipal de Arborização é assunto tratado na Comissão de Transportes com secretários de Planejamento e de Meio Ambiente

 

A Comissão de Transportes, Tecnologia, Informática, Inovação, Obras Públicas, Urbanismo e Defesa Civil recebeu em sua reunião, no início da tarde de quinta-feira (24), os secretários municipais de Planejamento Urbano, Eder Boron, e do Meio Ambiente, Jefferson Voigtlaender. Eles foram convidados para falar sobre o Plano Municipal de Arborização, como estão sendo realizados os projetos de arborização em algumas ruas e as dificuldades impostas para arborizar outras vias.

 

Essa comissão é composta pelos vereadores Bruno Cunha (Cidadania), presidente; Maurício Goll (PSDB), vice-presidente; e vereadora Silmara Miguel (PSD), relatora.

 

O vereador Bruno Cunha (Cidadania) afirmou que desde seu primeiro mandato defende o Plano Municipal de Arborização. Disse que Blumenau pode ser destaque na arborização urbana, como outras cidades do Brasil e citou Curitiba. Destacou que soube de avanços e também das questões que impedem o plantio de árvores em determinados pontos da cidade.

 

Já o vereador Maurício Goll (PSDB) questionou os convidados se de fato Blumenau tem um Plano de Arborização.

 

O secretário de Meio Ambiente, Jefferson Voigtlaender, agradeceu a oportunidade para os esclarecimentos e explicou que a equipe da Secretaria de Meio Ambiente trouxe para si a responsabilidade por todo o serviço de manutenção e poda de árvores dentro do espaço urbano. “Usamos a expertise dos técnicos para que a arborização não venha conflitar com o espaço urbano e a equipe está debruçada sobre o plano de arborização”.

 

Disse que na requalificação da Rua 2 de Setembro todas as calçadas já vão contar com arborização, considerando as espécies indicadas para aquele ambiente. Ressaltou que o objetivo é que o primeiro projeto de arborização seja entregue até a metade do ano.

 

O secretário de Planejamento, Eder Boron, comentou sobre a importância das árvores para que a população urbana tenha melhor qualidade de vida. Ressaltou, porém, que elas concorrem com outras situações urbanísticas e muitas vezes saem perdendo, como as calçadas, novas edificações, ciclovias, equipamentos urbanos, postes, canalizações, bueiros, entre outras. Diante disso, disse que acaba sobrando pouco espaço para árvores, na verdade para suas raízes. “Precisamos saber dessas dificuldades e encontrar o ponto de equilíbrio”, observou.

 

Explicou que em 2020 Blumenau foi uma das primeiras cidades a entregar o Plano da Mata Atlântica e então passou a fazer um estudo aprimorado de arborização municipal. “Hoje qualquer árvore não pode ser cortada sem o aval do Município, a não ser que haja comprovadamente iminência de queda em 24 horas, o que diminuiu muito o corte de árvores urbanas”.

 

Também falou sobre a legislação municipal que trata da cota de drenagem sustentável.  Disse que o documento é uma prévia do Plano de Arborização, que assegura que toda árvore e maciço florestal terá papel fundamental na contabilização da drenagem urbana da cidade. “Vamos dar pontuação e facilitar a vida do empreendedor. Nessa legislação já podemos colocar as espécies indicadas conforme os pontos”, destacou, complementando que a árvore é um grande captador de água da chuva. Disse que o processo da água caindo nas folhas e escorregando pelo solo é mais lento, o que contribui para evitar alagamentos.

 

Assinalou que o objetivo principal do Município é proteger as árvores, mas que nem sempre é possível. Disse que cada situação de plantio também é analisada com muita cautela. Exemplificou que a Rua São Paulo não comporta arborização, em razão de muitas edificações e que em situações assim, a arborização será em praças e o plantio incentivado nos quintais particulares.

 

O vereador Bruno Cunha solicitou que o Plano Municipal de Arborização seja apresentado ao Legislativo ainda neste ano. O secretário Jefferson garantiu que assim que estiver finalizado o Plano será submetido à apreciação do Conselho de Meio Ambiente e, em seguida, será apresentado a toda sociedade.

 

Veja Também

O álbum de fotos da reunião da Comissão

O vídeo da reunião da Comissão

 

 


Fonte: Assessoria de Imprensa CMB | Foto: Denner Ovidio | Imprensa CMB

 

This is a unique website which will require a more modern browser to work!

Please upgrade today!

Skip to content