Menu

Programa Vereador Mirim está desenvolvendo o projeto ‘Carbono Zero’ em parceria com a Faema

Programa Vereador Mirim está desenvolvendo o projeto ‘Carbono Zero’ em parceria com a Faema

O Programa Vereador Mirim está desenvolvendo o projeto “Carbono Zero” e conta com o apoio da Fundação Municipal do Meio Ambiente (Faema). Conforme a Câmara Mirim, a iniciativa consiste na compensação da emissão do carbono, através do plantio de mudas árvores, que é lançado para o meio ambiente. Foi feito um cálculo baseado na emissão de carbono lançado no ar no trajeto que os 15 vereadores mirins titulares fizeram durante este ano, de suas casas até nas suas escolas e para a participação das sessões ordinárias mirins.

“O resultado do cálculo que nós fizemos foi de aproximadamente 100 árvores para redução do impacto causado pelo carbono emitido durante este ano na Câmara Mirim. Nós estamos muito felizes com este projeto e com a parceria da fundação. Nós acreditamos que vai dar bastante certo, trazendo um impacto positivo ao meio ambiente. Nós observamos o quanto a cidade cresceu e não temos mais visto a natureza. O ser humano depende do meio ambiente para sua sobrevivência, então temos que abraçar esta causa”, reforçou a vereadora mirim titular Julia Bertoldi Hoffmann, representante da Escola Barão do Rio Branco.

A estudante, juntamente com as colegas do parlamento mirim, o assessor do programa, Wagner Schanaider e coordenador pedagógico do programa, Erlédio Pering, foi apresentar, no dia 2 de agosto, a ideia e pedir o apoio da Fundação Municipal do Meio Ambiente (Faema). Foram visitara fundação as vereadoras mirins titulares Francine Eduarda dos Santos, Camila Coelho, Ana Carolina Soares Ribeiro, Júlia Ohana Machado Paz e a suplente Emily Marschalek Nascimento. Na ocasião, o grupo conversou com o presidente Eder Boron e a sua equipe. “Uma ideia fantástica e foi um prazer enorme receber as vereadoras mirins, que são jovens que estão iniciando seu processo educacional e são o futuro da sociedade. É disso que precisamos, de cidadãos engajados com a responsabilidade ambiental e com a educação ambiental”, destacou, lembrando que muitas empresas, órgãos públicos e entidades ao redor do mundo trabalham com esta ideia do “Carbono Zero”.

Na oportunidade, o presidente adiantou que a fundação vai colaborar com a doação das mudas de árvores nativas para o plantio, que será no dia 21 de setembro, quando é celebrado o Dia da Árvore. A pasta também vai selecionar um local de área de preservação permanente que precisa ser restaurada e resgatada e fazer todo o acompanhamento técnico necessário pela área de engenharia florestal, no sentido de fazer o plantio de forma adequada e o acompanhamento das árvores nos próximos anos. “Nós vamos dar o total apoio a esta iniciativa. A sociedade só vai avançar com educação em todos os níveis e cada um pode tomar pequenas atitudes diariamente que diminuem o impacto ambiental. Se cada um fizer a sua parte se melhora a qualidade de vida e o ambiente para as futuras gerações. Que bom que este começo é pelos jovens porque eles têm condições e capacidade ainda maior de levar e multiplicar a educação ambiental para o convívio familiar e escolar”, reforçou. O presidente aproveitou a visita e convidou a Câmara Mirim para expor o trabalho durante o Encontro Blumenauense de Educação Ambiental (EBEA) deste ano, que acontece no dia 8 de novembro.

 

Veja Também!

Galeria de Fotos do Instagram

This error message is only visible to WordPress admins
Error: No posts found.

 


Fonte: Assessoria de Imprensa CMB com informações da TV Legislativa de Blumenau
Foto: Lucas Prudêncio | Imprensa CMB

This is a unique website which will require a more modern browser to work!

Please upgrade today!

Skip to content