Página principal

História

  • historia cam

    História da Câmara

    Para falar a respeito da Câmara Municipal de Blumenau é preciso voltar ao dia 4 de fevereiro de 1880, quando pelo Decreto Nº 860 foi criado o Município de Blumenau. A cidade surgiu do desmembramento das freguesias de “São Pedro Apóstolo de Gaspar” e “São Paulo de Blumenau” do Município de Itajaí.

    De acordo com o decreto, tão logo os moradores erguessem uma edificação, a Câmara Municipal passaria a atuar e seria instalado o novo Termo da referida vila. Enquanto não aprovasse o próprio Código de Posturas e este não fosse referendado pela Assembleia Provincial, a administração da Câmara obedeceria às normas constantes das posturas do Município de Itajaí.

    A primeira sessão da Câmara de Vereadores de Blumenau foi realizada no dia 10 de janeiro de 1883. Na época, o Poder Legislativo foi instituído no município com sete parlamentares. O primeiro presidente foi José Henrique Flôres Filho, que ficou no cargo até o dia 7 de janeiro de 1887. Compunham a primeira legislatura os vereadores: Luiz Sachtleben, Otto Stutzer, Jacob Zimmermann, Francisco Sálvio de Medeiros, José Joaquim Gomes e Henrique Watson.

    Em julho de 1886 foram realizadas eleições para a escolha dos vereadores da segunda legislatura da Câmara Municipal. Em razão de muitas desavenças, em agosto do mesmo ano, foram realizadas novas eleições. A posse dos eleitos ocorreu no dia 10 de setembro de 1886. Na oportunidade, assumiu a Presidência da Câmara Municipal, o vereador Guilherme Scheeffer, tendo como vice-presidente Leopoldo Hoeshl.

    A Câmara de Blumenau foi criada pela Lei N.º 1.109, de 30 de agosto de 1886, assinada pelo Presidente da Província, Francisco José da Rocha.

    Em 07 de janeiro de 1889, Gustavo Salinger foi eleito presidente da Câmara. Foi sob a presidência dele, em 25 de novembro do mesmo ano, que a Câmara blumenauense aderiu à República, já proclamada e aceita em todo território nacional.

    Em 7 de janeiro de 1890, assume a Presidência da Câmara Municipal Henrique Clasen, até então, vice-presidente. Onze dias depois, data de instalação da Intendência, ele entregou a presidência da Câmara ao Dr. José Bonifácio da Cunha (5º administrador de Blumenaau). Foram nomeados também intendentes Henrique Clasen, Frederico Rabe, Gottlieb Reif e José Agostinho Pereira.

    Após promulgada a Constituição Estadual, foi designado o dia 31 de agosto de 1891 para eleição do superintendente e conselheiros municipais. O Dr. José Bonifácio da Cunha foi eleito superintendente, e assumiu o cargo no dia 1º de janeiro de 1892. Gustavo Salinger e Augusto Müller foram escolhidos, respectivamente, presidente e vice-presidente do Conselho Municipal.

    Em 16 de abril de 1895, tomaram posse como conselheiros Pedro Cristiano Feddersen (presidente), Luís Abry, Frederico Wilde, Ricardo Voigt, Aléssio Frainer, Pedro Schmidt, Paulo Zimmermann, André Campregher e Henrique Klug.

    Com a promulgação da nova Constituição Estadual, de 26 de julho de 1928, ocorreram alterações administrativas nas áreas municipais. O superintendente municipal passou a denominar-se prefeito, o Conselho Municipal foi denominado de Câmara Municipal e os conselheiros vereadores.

    Muitos cidadãos ilustres, habitantes de Blumenau foram vereadores, caso do naturalista, Fritz Müller, mundialmente reconhecido como colaborador do cientista Charles Darwin, e Ingo Wolfgang Hering, empresário da empresa Hering, que foi presidente do Poder Legislativo por 12 anos.

    A história da Câmara de Vereadores também foi marcada pelo grande incêndio de 1958, que queimou metade do prédio da antiga prefeitura, onde ficava também, a sede do Legislativo municipal.

    Ao longo deste quase um século e meio, mais de 350 vereadores passaram pela Câmara, com a responsabilidade de representar a comunidade e colaborar com os destinos de Blumenau.

     Nova sede da Câmara de Vereadores de Blumenau

     No dia 28 de maio de 2013, é inaugurada a nova sede da Câmara de Vereadores de Blumenau, que deixou o espaço que ocupava no primeiro andar da prefeitura desde 1982. Na noite do mesmo dia, foi realizada a primeira sessão ordinária no novo plenário, na esquina das ruas XV de Novembro e das Palmeiras, em área privilegiada e de fácil acesso.

    Além de estar na mais tradicional rua de Blumenau, o imóvel faz parte do centro histórico da cidade. Construído em 1942 pelo empresário Carlos Koffke, o prédio serviu de espaço para o antigo supermercado Koffke, entre 1962 e 1972, o primeiro da cidade que funcionou no sistema pegue-pague.

    Pela primeira vez, a Câmara de Vereadores de Blumenau tem uma sede independente. Desde a primeira legislatura, dividia imóvel com o Poder Executivo.

     

     Fonte: Comunicação/Imprensa