Menu

Secretário de Saúde comparece à Câmara para prestar informações sobre falta de médicos nos AGs

Secretário de Saúde comparece à Câmara para prestar informações sobre falta de médicos nos AGs

O secretário Municipal de Saúde de Blumenau, Marcelo Lanzarin, compareceu à sessão ordinária desta terça-feira (7) para prestar informações, em atendimento à convocação feita pelo Requerimento nº 579/2022, de autoria do vereador Ito de Souza (PL). Assista aqui o trecho do vídeo da sessão ordinária.

 

O requerimento continha os seguintes questionamentos: “Qual a real situação da falta de médicos em diversos AGs e ambulatórios em Blumenau? Qual o prazo para sanar esse problema? A Secretaria de Saúde tem recursos para novos investimentos? ”.

 

Lanzarin iniciou falando sobre o momento delicado vivido pela saúde em Santa Catarina, pelo aumento expressivo de casos de síndrome respiratória, Covid e dengue, que têm sobrecarregado toda a rede saúde pública e privada do estado. Apontou que está sendo registrado um volume de atendimento superior à primeira onda de Covid, o que tem deixado unidades de saúde e hospitais sobrecarregados. “Não temos o mesmo quantitativo de óbitos, mas as enfermarias e UTIs estão superlotadas. Isso é um reflexo da baixa cobertura vacinal. Registramos o pior resultado da década em termos de vacinação, em especial dos grupos prioritários”, assinalou. Acrescentou que nesses públicos as complicações muitas vezes necessitam de internação e procedimentos que requerem leitos de UTI.

 

Afirmou que tem acompanhado as demandas dos colegas médicos nas rotinas da saúde, e está trabalhando para solucionar a situação de falta de profissionais médicos. “Quando assumi tínhamos uma defasagem de 44 médicos. Nesses 60 dias fizemos diversas chamadas públicas de profissionais e agora temos menos de 16 profissionais médicos faltantes na nossa rede, o que sabemos que ainda impacta o atendimento da população nos AGs”. Apontou que as unidades de saúde que ainda estão com falta desses profissionais são o AG da Itoupava Central e AG da Fortaleza. Afirmou que alguns profissionais estão finalizando o contrato, pedindo o desligamento ou até afastados por problemas de saúde. “Entendemos que o cenário é preocupante, mas não é uma particularidade de Blumenau, mas de todo o estado de Santa Catarina”.

 

Registrou que está atento e trabalhando em outras questões importantes como a necessidade de avançar na disponibilização de exames de imagem, ultrassom, endoscopia, colonoscopia, entre outros. Disse que a secretaria está trabalhando no credenciamento de clínicas privadas para atendimento a essa demanda represada. Também apontou a necessidade de avançar nas cirurgias de média complexidade, afirmando que são 11 mil pessoas aguardando um procedimento na cidade e que tem reportado as dificuldades nas reuniões com representantes da área da saúde do governo estadual.

 

Em seguida o secretário Marcelo Lanzarin respondeu os questionamentos dos vereadores. O vereador Professor Gilson de Souza (Patriota), questionou sobre a demora no atendimento dos pronto-socorros dos hospitais, em especial na área de pediatria do Hospital Santo Antônio. Lanzarin disse que sabe que a falta de profissionais tem impactado no atendimento nos pronto-socorros e que já determinou a contratação de profissionais e também convocando os profissionais pediatras aprovados no último concurso público. Reconheceu que a pediatria tem sido um gargalo e voltou a apontar a baixa cobertura vacinal como causadora do aumento de casos de síndrome gripal e Covid em crianças. Ressaltou ainda que a dificuldade no pronto-atendimento na área pediátrica se repete também na rede privada de saúde.

 

O vereador Adriano Pereira (PT) disse que acompanhou essa problemática em todo o estado enquanto esteve na função de deputado estadual. Afirmou que conseguiu fazer alguns encaminhamentos, como colocar Lanzarin em contato com o secretário Estadual de Saúde para tratar sobre o terreno do AG do Badenfurt e sobre os leitos de UTI neonatal para o Hospital Santo Antônio. Agradeceu a parceria de Lanzarin no período e disse que é testemunha de que tem buscado resolver as questões de saúde de Blumenau enquanto secretário. Lanzarin reconheceu que Adriano Pereira como deputado atuou em diversas demandas, em especial no trâmite da cessão do terreno do AG do Badenfurt ao município, dizendo que espera que esse projeto encaminhado para a ALESC possa ser aprovado. Agradeceu o encaminhamento das demandas na Assembleia e disse que em conversa com o secretário estadual está alinhando a reativação de 10 leitos de UTI adulto no Hospital Santa Isabel nos próximos dias.

 

A vereadora Cristiane Loureiro (Podemos) agradeceu ao secretário pelo atendimento às demandas relacionadas por ela e que foram identificadas nas reuniões dos conselhos locais de saúde. Parabenizou que Lanzarin esteja marcando agendas junto a esses conselhos para ouvir as necessidades da comunidade. Lembrou que Lanzarin estará presente na reunião extraordinária da Comissão de Saúde que será realizada nesta quarta-feira (8), às 14 horas no Plenário para tratar dos atendimentos nos pronto-socorros. Lanzarin confirmou que tem buscado adequar sua agenda para participar das reuniões dos conselhos locais e regionais de saúde para conhecer as demandas. Informou que pela segunda vez o médico convocado para atuar no ESF Arthur Riedel declinou da vaga.

 

A vereadora Silmara Miguel (PSD) questionou sobre a demora na entrega de medicamentos nas unidades de saúde. O secretário informou que alguns medicamentos e insumos para a fabricação de medicamentos não estão disponíveis no mercado, e que juntamente com outros secretários municipais de Santa Catarina encaminhou um documento à ANVISA comunicando sobre essa questão, que pode estar ocorrendo para forçar uma sobretaxa nos produtos. Também disse que foi identificado um problema na distribuição dos medicamentos e que em reunião com a empresa responsável já foram definidas ações para minimizar o impacto do atraso das entregas na rede municipal de saúde.

 

A vereadora Giselle Chirolli (Podemos) parabenizou a Secretaria pelas ações voltadas à saúde da pessoa com deficiência, e disse que em reuniões também com o secretário de Assistência Social tem trabalhado em políticas para melhorar o atendimento a essas pessoas. Afirmou que em breve serão apresentadas novidades nessa área. Lembrou que já sugeriu um estudo para verificar a viabilidade do prolongamento do contrato com os médicos da rede, e que sabe que a secretaria está trabalhando nesse sentido. Lanzarin reconheceu o trabalho da vereadora na área de inclusão e acessibilidade da pessoa com deficiência e disse que é possível avançar nessas políticas. Afirmou que à medida que as ações forem implementadas, integrando paradesporto e saúde, será possível melhorar a condição vida dessas pessoas e suas famílias.

 

Ao final, o vereador Ito de Souza registrou a importância de o cargo de Secretário da Saúde ser ocupado por alguém preparado, atuante e que tire dúvidas dos vereadores e da população, como aconteceu nesta tarde. “O Dr. Marcelo em dois meses demonstrou bastante conhecimento na área. Fiquei preocupado com a situação do Covid e da gripe que ele nos relatou e que temos percebido nas ruas. É uma demonstração clara de que temos que voltar a nos cuidar”. Ressaltou ainda a importância de sanar a falta de profissionais e valorizou a iniciativa do secretário de participar das reuniões dos conselhos de saúde. Finalizou apontando que quando houver necessidade voltará a convocar o secretário para tirar as dúvidas dos parlamentares e da comunidade.

 

Veja Também

O vídeo completo da sessão

A galeria de fotos da sessão

 


Fonte: Assessoria de Imprensa CMB | Foto: Denner Ovidio | Imprensa CMB

This is a unique website which will require a more modern browser to work!

Please upgrade today!

Skip to content