Menu

Associação Vale da Cerveja pede apoio a projeto que a transforma em entidade de utilidade pública

Associação Vale da Cerveja pede apoio a projeto que a transforma em entidade de utilidade pública

O presidente da Associação Vale da Cerveja, Valmir Zanetti, ocupou a Tribuna Livre da Câmara Municipal nesta quinta-feira (12). O empresário disse que a cerveja artesanal faz parte da história de Blumenau e da cultura do Vale Europeu. Em vista disso, pediu o apoio dos parlamentares na aprovação do projeto que transforma a associação em entidade de utilidade pública.

De acordo com Zanetti, uma pesquisa realizada pela associação sinaliza que as 16 cervejarias que compõem o Vale da Cerveja, produzem 1 milhão de litros por mês de cerveja artesanal, volume que representa 10 vezes o consumo médio de cerveja do país. “Enquanto no país são menos de 2 litros por ano, nossa região consome das artesanais mais de 2 litros por mês”, informou.

Disse também que as 16 cervejarias trouxeram 246 medalhas em disputas nacionais e internacionais, demonstrando a capacidade de diferenciação no mercado nacional e internacional. O setor também emprega 232 colaboradores diretamente, número substancialmente maior que uma grande cervejaria, em função da automação. “Estima-se que devemos crescer em torno de 15% em 2022, e que para cada emprego que geramos numa cervejaria, outros 30 são gerados indiretamente. Para o turismo, somos um atrativo sete dias por semana, para as pessoas que vem do Brasil e do exterior”, acrescentou.  

De acordo com ele, os números comprovam a relevância do segmento pelas atividades que norteiam o projeto, como a busca do desenvolvimento econômico valorizando as cervejarias e potencializando o atrativo turístico, a geração e apoio às atividades ligadas ao turismo cervejeiro, citando o Festival Brasileiro da Cerveja, o Concurso Brasileiro da Cerveja e a Feira da Cerveja, além da organização de eventos conjuntos.  Apontou que a proposta também combate às práticas ilegais de cervejarias, defende os interesses do associado frente aos órgãos públicos e fortalece as pequenas marcas, bem como o incentivo para compras de forma consorciada.

Conforme Zanetti a entidade busca igualmente o “selo qualidade do Vale da Cerveja” e promove a interação entre entidades similares que atuam nas cadeias produtiva, tecnológica e de turismo.

Por fim, fez apelo para que seja dada efetividade à Lei Municipal Nº 1.139, que institui incentivo as micros cervejarias artesanais no município, que teve grande complemento com a lei que concedeu o título de Capital Brasileira da Cerveja a Blumenau. “Queremos que este seja um ativo mais importante para investimento, turismo e fomento ao consumo responsável e consciente da bebida”, completou. 

Veja Também

O vídeo da Tribuna Livre

A galeria de fotos da sessão

 


Fonte: Assessoria de Imprensa CMB | Foto: Denner Ovidio | Imprensa CMB

This is a unique website which will require a more modern browser to work!

Please upgrade today!

Skip to content