Menu

Médico blumenauense defende na tribuna da Câmara tratamento precoce contra Covid-19

Médico blumenauense defende na tribuna da Câmara tratamento precoce contra Covid-19

O médico ginecologista e obstetra Dr. Adilson Tadeu Machado ocupou a tribuna livre na sessão desta quinta-feira (4) para defender o tratamento precoce contra a Covid-19.

Ele ressaltou que o tratamento não é inimigo das outras medidas preventivas, como distanciamento social, uso de máscaras, higienização das mãos e nem das vacinas. Apontou que a intenção é adotar uma abordagem que visa somar esforços para conter a progressão da doença e os óbitos.

Afirmou que os medicamentos sozinhos não são capazes de curar a doença, mas, segundo ele, juntos podem diminuir a carga viral do paciente, reduzindo a chamada “tempestade inflamatória” no organismo das pessoas doentes.

Falou que a vantagem desse tratamento é que ele é muito barato, em torno de 20 reais por paciente, e tem duração de somente 5 dias. Disse que o tratamento é composto pelos medicamentos hidroxicloroquina, azitromicina, ivermectina, zinco e vitamina D.

Apontou que os medicamentos podem ser prescritos pelos médicos quando começarem os sintomas leves, mesmo sem a confirmação da contaminação pelo coronavírus, e que também podem ser usados de forma profilática em pessoas que tiveram contato com infectados.

Disse que de março de 2020 até agora ele já prescreveu o tratamento precoce a mais de 20 mil pessoas e ninguém foi para UTI ou morreu. Citou algumas cidades que utilizaram o tratamento precoce e afirmou que teriam apresentado bons resultados, como Porto Feliz, Búzios, Rancho Queimado e Belém do Pará.

Ao final relatou que em 3 de agosto de 2020 protocolou no gabinete do prefeito uma carta, assinada por diversos médicos de Blumenau e região, recomendando aos órgãos responsáveis que disponibilizassem nas farmácias públicas as medicações do chamado tratamento precoce, além de sugerir que o prefeito convocasse o apoio do 23 Batalhão de Infantaria para a instalação de um hospital de campanha.

Ressaltou que não recebeu retorno sobre o documento até o momento e lamentou que as medidas não tenham sido atendidas por “questões ideológicas”.

 

Veja Também!

O álbum de fotos da Sessão Ordinária

A playlist completa no canal do youtube para assistir as manifestações realizadas durante o momento da Tribuna Livre na Câmara

Galeria de Fotos do Instagram

 


Fonte: Assessoria de Imprensa CMB | Foto: Lucas Prudêncio – Imprensa CMB

 

This is a unique website which will require a more modern browser to work!

Please upgrade today!

Skip to content