Menu

Resumo dos pronunciamentos dos vereadores 02/06

Resumo dos pronunciamentos dos vereadores 02/06

 

O vereador Bruno Cunha (Cidadania) disse ter sido informado pela vice-prefeita Maria Regina de recursos da ordem de R$ 5 milhões, destinados pela deputada Carmem Zanotto (Cidadania) ao Fundo Municipal de Saúde. Um projeto de lei já foi encaminhado à Câmara, repassando os valores à Associação Congregação de Santa Catarina, que administra o Hospital Santa Isabel. Ele elogiou o trabalho desenvolvido pela parlamentar, especialmente na área da saúde. Ao comentar sobre o censo da inclusão, que irá realizar o cadastro de pessoas com deficiência e mobilidade reduzida, Bruno Cunha destacou a parceria com a colega Giselle Chirolli, citando a proposta do governo municipal de criar a Secretaria da Pessoa com Deficiência. O vereador também cumprimentou a Polícia Militar pela postura adotada na abordagem das pessoas autistas em Blumenau, citou a realização da sessão mensal de cinema específica para este público e elogiou o secretário Michael Maiochi pelo atendimento das demandas encaminhadas pelo seu gabinete. De acordo com o parlamentar, é importante continuar lutando, fazendo ouvir a voz progressista e atender os 35 bairros da cidade.

 

O vereador Ailton de Souza – Ito (PL) mostrou imagens de expurgos (resto de asfalto) retirados da rodovia Pedro Zimmermann, próximo ao posto da Polícia Federal, lembrando que o material não pode ser usado para atender pedidos de particulares. Segundo ele, o expurgo é usado para fechar buracos nas ruas, sendo que qualquer outra destinação é ilegal. Em outro momento, fez apelo ao setor de iluminação pública da Prefeitura para recuperar uma caixa de energia, na rua Humberto de Campos, violada por vândalos que tentaram roubar os fios de cobre. Ito também pediu ao Executivo a recuperação do acesso ao AG Guilherme Jensen, com a utilização de expurgo de asfalto. O vereador comentou ainda sobre as denúncias de clonagem de contas de energia e faturas com código de barra alterados. Disse que muitas pessoas acabam não pagando as contas e tendo a energia cortada. Ele orientou as pessoas a procurarem a Celesc. Por fim, registrou a realização, no próximo dia 05, do movimento “Filia Brasil”, promovido pelo deputado Ivan Naatz e que busca novos apoiadores para o Partido Liberal.

 

O vereador Maurício Goll (PSDB) relatou que visitou o CEI Ervin Passold, no Salto do Norte, acompanhando a abertura do Junho Verde, período em que mais de 200 ações deverão acontecer na cidade. Também prestigiou a cerimônia de conclusão da primeira turma do Programa Devs2BLU, uma parceria entre a Blusoft e a Prefeitura. São mais 22 profissionais na área de TI que serão contratados por empresas apoiadoras do projeto. O vereador parabenizou o prefeito e a vice, bem como o coordenador geral Sergio Tomio. Maurício Goll também comentou sobre documento enviado pela ACIB ao governo do estado, pedindo informações sobre as barragens do Vale do Itajaí. Disse que uma comissão da Câmara esteve em José Boiteux mas existe muita preocupação com continuação das chuvas. O vereador citou contato mantido com a Secretaria de Defesa Civil e a garantia de que seriam investidos de R$ 6 milhões a R$ 9 milhões, mas que até o momento não houve nada. Por fim, Goll convidou a comunidade para a abertura da 32ª Feira da Amizade no próximo sábado, reafirmando a importância do evento para inúmeras entidades não governamentais e clubes de mães.

 

O vereador Carlos Wagner (União Brasil), prestou informações sobre questionamentos feitos por colegas. Em relação à EEB Coronel Pedro Christiano Feddersen, citada por Ailton de Souza na última sessão, disse que houve discrepância nas cores dos uniformes e a empresa vencedora teve que devolver o material. Ao vereador Professor Gilson, informou que o Governo do Estado destinou um total de R$ 14,9 milhões de reais para escolas estaduais de Blumenau. Ele enumerou estabelecimentos onde as obras estão em andamento ou sendo licitadas. Com a construção de quadra de beach tênis: Escola Emilio Baungarten (R$ 115 mil), Escola Izolete Muller (R$ 115 mil), Escola Heriberto Muller (R$ 115 mil), Escola Hermann Hamann (R$ 115 mil) e Escola Dr. Max Tavares do Amaral (R$ 115 mil). Na Escola Adolpho Konder, reforma e contratação de projeto no valor de R$ 2,43 milhões, na Escola Erwin Radtke a construção de quadra coberta no valor de R$ 2,93 milhões, na Escola Áurea Perpétua Gomes reforma no valor de R$ 780 mil e na Escola Pedro II – reforma em execução no valor de R$ 2 milhões. Sobre os problemas na barragem de José Boiteux, Alemão argumentou que as licitações são demoradas por estar em uma reserva indígena. Ele também convidou a comunidade a participar da Feira da Amizade neste fim de semana, lembrando que foram arrecadadas mais de mil bolsas para serem vendidas no evento a preços acessíveis.

 

O vereador Gilson de Souza (Patriota) criticou a forma como o projeto do Executivo que trata do pagamento do piso do professor deve chegará ao Legislativo. Disse que o projeto não valoriza a carreira do professor e vai dividir a categoria. Alertou que quem está feliz porque vai ganhar mais, com o piso, deve pensar no outro colega, porque também daqui a 20, 30 anos seguirá na carreira e esta precisa ser valorizada. Pediu para que os vereadores da base do governo pensem na valorização da carreira do profissional. Reclamou que o projeto não chegou em tempo hábil e o prefeito não cumpriu os acordos. Comentou sobre a visita que faz às escolas e CEIs rotineiramente e destacou as visitas desta semana, quando esteve na Escola Helena Winckler; CEI Elizabete Anderle e CEI Erwin Pasold. Destacou também a importância de outros vereadores visitarem os educandários.  Comentou a entrega dos uniformes para a Associação de Pais e Amigos do Judô, que foram adquiridos com recursos do município. Agradeceu a Câmara que aprovou a liberação dos recursos.

 

O vereador Almir Vieira (PP) disse que esteve presente na inauguração da quadra da Associação dos Moradores da Rua Fritz Bruck. Esclareceu que a entidade reformou e fechou a quadra com recursos municipais advindos através de uma subvenção, que ele pôde destinar para a associação.  Destacou que na manhã dessa quinta-feira (2) atendeu a solicitações de empresários e proprietários de imóveis na Rua 2 de Setembro, preocupados com a redução de vagas de estacionamento naquela via, onde estão sendo renovadas e feitas novas calçadas e também espaço para ciclistas. Agradeceu ao engenheiro Dirk e o secretário de Planejamento, Eder Boron, por esclarecerem as dúvidas dos empresários e pelo retorno imediato. Comentou que na segunda-feira (30) participou de um café com integrantes do Centro Braille para ouvir demandas. Disse que foi uma conversa esclarecedora e agradável. Parabenizou a todos pelo excelente trabalho que exercem no Centro Braille e garantiu que vai se empenhar e trazer as soluções para as demandas, reconhecendo que muitas vezes trata-se de um público desassistido.

 

O vereador Roberto Morauer (PT) ressaltou que era o último dia do Mandato Coletivo e falou que a experiência do processo no Legislativo foi extremamente positiva. Destacou que as pessoas ainda não entendem o que é mandato coletivo e enfatizou que trata-se de um novo modelo de pensar e fazer política, com o rompimento do personalismo. Disse que com esse sistema de representatividade de despersonalizar o que se quer encaminhar, o mandato percebeu o quanto as estruturas políticas devem ser ajustadas a este modo.  Agradeceu ao PT, ao vereador Adriano Pereira e a toda equipe do gabinete. Também agradeceu a acolhida e o respeito com que o Mandato Coletivo foi recebido pela Casa Legislativa. Em seguida pediu apoio a um projeto que será encaminhado pelo Executivo, tendo sido concebido por um grupo de trabalho dentro do Conselho de Cultura. Esclareceu que a proposta amplia as possibilidades de acesso à cultura. Disse que há muito tempo os produtores culturais de todas as áreas vêm pleiteando por um sistema mais amplo de incentivo à cultura. Lembrou que o prefeito Mário durante a campanha já falava sobre o tema e acredita que o Executivo vai acolher o projeto. Ressaltou que Blumenau vai receber, por meio de emenda parlamentar de deputado federal Pedro Uczai (PT), uma verba de R$ 200 mil para descentralizar ações culturais, com apresentações de espetáculos, rodas de conversas e oficinas criativas nos bairros. Por fim pediu que os vereadores prestigiem e divulguem o 1º Arraiá Nordestino, organizado pela senhora Elen, que é do Nordeste. O evento será realizado no dia 26 no Clube Centenário e explicou que ao divulgá-lo colabora e apoia a luta por uma cidade culturalmente plural.

 

O vereador Emmanuel Tuca (Novo) disse que prestigiou a formatura da primeira turma do programa +Devs2Blu, que aconteceu quarta-feira (2), no Centro de Inovação de Blumenau. Destacou que os jovens passaram por uma jornada de formação durante 6 meses e que agora estão preparados para fazer a diferença no mercado de tecnologia. Assinalou que o foco desse programa, diferente do Entra 21, é formar programadores. Disse que o setor de tecnologia em Blumenau emprega mais de 12 mil pessoas e que há um déficit de mão de obra, o que reforça a importância do programa +Devs2Blu. Apontou que apresentou um projeto para instituir programas de contra turno escolar, através de parcerias público-privada, onde empresas que sofrem a falta de qualificação de mão de obra terão a oportunidade de oferecer a capacitação a jovens. Disse que a proposta já foi subscrita por vários vereadores e convidou os demais a parlamentares a subscrevê-la também. Afirmou que a educação profissionalizante transforma vidas.  Disse que esteve nessa quinta-feira (2) na OAB discutindo os desdobramentos e detalhes da lei de liberdade econômica.  Comentou sobre as dúvidas que surgiram a respeito da nova legislação recentemente aprovada na cidade, especialmente sobre a não apresentação de alvarás para atividades de baixo impacto. Disse que não há clareza em quais casos a lei pode ser aplicada em relação à isenção de alvarás. Apontou que já pediu uma reunião com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico para a construção da regulamentação da lei.

 

O vereador Sylvio Zimmermann (PSDB) comentou sobre a formatura do Devs2Blu. Disse que o Brasil vai passar por um fenômeno curioso: de um lado empresas querendo contratar e de outro lado pessoas desempregadas com pouca qualificação. Disse que Blumenau tem ajudado pessoas a entrar no mercado de trabalho por meio de qualificação, como o Entra 21 e agora com mais um novo programa. Assinalou que o setor de TI é a indústria 4.0 de Blumenau e no qual o município se destaca nacionalmente, juntamente com Florianópolis. Disse que um levantamento realizado na cidade este ano mostrou que o setor de TI precisa ainda em 2022 mais de 3 mil profissionais de TI. Destacou que hoje já são 1780 empresas de TI, que geram mais de 7 mil empregos. Parabenizou o prefeito Mário, salientando que ele é o idealizador do Devs2Blu, também a vice Maria Regina, e as instituições e empresas envolvidas no desenvolvimento do programa. Falou sobre a carta da Acib endereçada ao governador do Estado e Chefe da Casa Civil, cobrando uma solução para as barragens de contenção. Disse que pediu ao gabinete um requerimento também cobrando o mesmo do Governo Estadual e que espera que todos os vereadores assinem o documento. Assinalou que o momento é oportuno para cobrar uma solução para as três barragens e que isso se refere à vida de mais de um milhão de pessoas que sofrem com as chuvas intermitentes. Disse que vai propor à Associação dos Municípios do Vale Europeu para que busque o apoio da mesma forma de todas as Câmaras de Vereadores da região para reforçar a cobrança.

 

O vereador Marcos da Rosa (União Brasil) disse que conversou com a Secretaria de Promoção da Saúde a respeito das demandas por fraldas geriátricas. Disse que recebeu a informação que atualmente são 490 usuários por mês que recebem fraldas e que 144 estão em lista de espera. Explicou que a secretaria investe anualmente R$ 640 mil na compra de fraldas, mas que hoje a necessidade seria de ampliar o orçamento nesse item para R$ 900 mil reais.  Disse que o quantitativo é de 47 mil fraldas entregues por mês e 564 mil por ano.  Destacou que passou essas informações para assegurar que está atento à situação das pessoas que precisam desse atendimento. Disse que pediu ao prefeito e ao secretário Marcelo Lanzarin que conversem com a Câmara, no sentido de que possa ser destinado parte das economias do Legislativo para resolver a situação. Também falou sobre as barragens e afirmou que o assunto deve estar sempre em pauta até a resolução dos problemas referentes àqueles equipamentos. Comentou também sobre a necessidade de Blumenau ter um hospital regional e alertou que é preciso unir forças para garantir a solução. Lembrou que transformar o Hospital Santo Antônio em uma unidade regional será mais fácil.

 

A vereadora Cristiane Loureiro (Podemos) falou sobre a agenda que cumpriu na última semana. Destacou que participou, em Florianópolis, do II Meeting de Fisioterapia e Terapia Ocupacional de Santa Catarina. Destacou também os eventos que participou em Blumenau no fim de semana passado e as visitas que realizou na comunidade. Entre eles, a vereadora prestigiou o risoto em prol do projeto de capoeira, no bairro Fidélis, a Feijoada em prol de melhorias na Praça Agnelo Lanser, pela Associação dos Moradores do Tribess; a 11ª Macarronada Beneficente e a Festa da Co-padroeira da Nossa Senhora de Fátima, no Bairro Salto do Norte. Disse que nessa festa o Clube de Mães Pétalas de Rosas estava presente, vendendo seus trabalhos manuais. Comentou também das visitas que fez aos CEIs Maike Deeke, no Badenfurt, e Anton Max Artur Sprenger, no Salto do Norte, onde foi verificar as demandas. Disse que também acompanhou o ato de assinatura do contrato de castração de animais, ressaltando a importância da ação por parte do poder público e do quanto ficou feliz porque a causa animal é uma de suas bandeiras no Legislativo. Também se fez presente na abertura do “Junho Verde”. Comentou ainda a reunião com a Secretaria de Saúde, na quarta-feira (1) para tratar de diversas demandas comuns dos conselhos locais de Saúde. Por fim comentou da visita que fez na Cooperblu da Fortaleza Alta.  Convidou os vereadores a conhecerem aquela unidade, que existe desde janeiro e funciona com seis cooperados. Convidou também os vereadores e a comunidade a prestigiarem a Feira da Amizade, nesse fim de semana, e a apresentação da Banda Municipal em comemoração aos seus 60 anos, dia 7, no Teatro Carlos Gomes. Disse que na oportunidade vai entregar moção de louvor ao grupo.

 

Veja Também

O vídeo completo da sessão

A galeria de fotos da sessão

 


Fonte: Assessoria de Imprensa CMB | Foto: Denner Ovidio | Imprensa CMB

This is a unique website which will require a more modern browser to work!

Please upgrade today!

Skip to content