Menu

Seminário da Caravana da Inclusão da Mulher na Política reúne lideranças femininas na Câmara

Seminário da Caravana da Inclusão da Mulher na Política reúne lideranças femininas na Câmara

 

A Câmara de Vereadores de Blumenau, por meio da Escola do Legislativo Fritz Müller, recebeu, na noite desta segunda-feira (28), o seminário da Caravana da Inclusão da Mulher na Política, no plenário. O evento foi uma realização da Escola do Legislativo Deputado Lício Mauro da Silveira, da Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina (Alesc), em parceria com a Escola do Legislativo Fritz Müller, do Poder Legislativo blumenauense, com o Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina e a OAB/SC. Estiveram presentes na ocasião a vice-presidente da Câmara, vereadora Silmara Miguel (PSD), a vereadora Cristiane Loureiro (Podemos), a assessora da Escola do Legislativo Fritz Müller, Taísa Kummrow e a coordenadora da Escola do Legislativo da Alesc, Adeliana Dal Pont, além de outras lideranças e autoridades femininas do município.

 

A Caravana da Inclusão da Mulher na Política é uma ação da Escola do Legislativo da Alesc para conscientizar as catarinenses sobre a necessidade de sua participação na política. Para a Escola do Legislativo, é fundamental que as mulheres estejam preparadas e atualizadas de forma cíclica e contínua a respeito da legislação e do cenário político que se apresenta. Atualmente existem grandes desafios para ampliar a participação da mulher na sociedade, principalmente no que se refere ao reconhecimento das próprias mulheres de seus direitos e da sua importância e necessidade para aprimorar a democracia no país.

 

Este seminário tem por objetivo consolidar um movimento de conscientização e inclusão das mulheres nos espaços de decisão e de poder em seu cotidiano. Além de oportunizar a formação de conhecimentos básicos sobre o que é política, bem como conhecimentos sobre o movimento de ampliação da participação da mulher na política.

 

A vice-presidente da Câmara, vereadora Silmara Miguel, deu as boas-vindas, apontando que se sentiu feliz e esperançosa ao ver tantas mulheres influentes na plateia. Disse que isso deu a sensação de que não está sozinha. “Nós somos vereadoras, eu e a Cristiane, porque acreditamos que podemos contribuir para melhorar a cidade, o Estado e o país. Nós possuímos muitas ideias, ideais e nós temos muita força de vontade. Nós duas estamos unindo forças para colocar sensibilidade e tentarmos colocar equilíbrio em uma política que foi sempre um espaço predominantemente masculino. Mas não estamos na política para medir forças com os homens, mas sim para unir forças”, esclareceu, agradecendo a Escola da Alesc que trouxe o evento para Blumenau e a todas as parcerias que fizeram o evento possível. Por fim expressou seu desejo de que no futuro possa presenciar mais mulheres eleitas na Casa Legislativa.

 

A vereadora Cristiane Loureiro cumprimentou a todos os presentes, especialmente as mulheres e as parcerias. Apontou como é importante ações como essa voltada para esse público, no sentido de que cada vez mais mulheres possam trilhar seus caminhos e desenvolver ações. “Na história da Câmara são apenas sete mulheres eleitas e que assumiram um mandato. Isso é muito pouco, precisamos mudar isso. Sabemos do nosso potencial e da nossa capacidade. Sabemos que ações como essa nos ajudam a ganhar cada vez mais visibilidade, a nos tornar mais organizadas, treinadas e a adquirir mais conhecimento. Nós temos capacidade de estar na política, para isso devemos sempre ir nos especializando, cada vez mais estudando as ações na política e criando estruturas para que juntas possamos mudar esse cenário”, apontou, dizendo que ficou muito feliz em poder estar presente no evento, poder compartilhar e contribuir com outras mulheres. “Estamos juntas, independentemente de partido, independentemente de qualquer coisa, somos mulheres”, assinalou.

 

Para a coordenação da Escola do Legislativo Fritz Müller, por muito tempo as mulheres não tiveram o reconhecimento necessário em muitas áreas da sociedade, inclusive na política. “Contudo essa realidade vem mudando, já que felizmente temos muitas mulheres interessadas em entender, conquistar e, assim, abrindo mais espaços para as mulheres na política e esse evento apontou isso”, avaliaram a coordenadora pedagógica e a assessora da escola, Zilda Rodrigues Roecker e Taísa Kummrow, respectivamente, acrescentando que o seminário encerra o mês dedicado às mulheres com chave de ouro.

 

A coordenadora da Escola do Legislativo da Alesc, Adeliana Dal Pont, apontou que foi escolhido o tema inclusão de mulheres na política em comemoração ao Dia Internacional da Mulher. “Nós discutimos as violências, sempre falamos das dificuldades no dia 8 de março, mas dessa vez queríamos trazer uma outra visão, uma visão de oportunidade para as mulheres. Com muito prazer estamos em Blumenau para fazer um alerta da necessidade dessa inclusão, é um alerta de que isso só vai acontecer se nós participarmos e se nós nos fazermos presentes sempre”, apontou, citando que a caravana já rodou o Estado em diversas regiões, cada cidade com sua particularidade e a sua forma de atuação com temas diferentes.

 

“Na história da Assembleia tivemos apenas 13 mulheres eleitas e mais quatro foram suplentes que tiveram oportunidade de assumir a Casa. A Alesc nunca elegeu uma presidente, apenas a ex-deputada Ana Paula Lima que assumiu por 10 dias a presidência da Assembleia Legislativa. Os números não são muito animadores, mas servem de alerta. Enquanto não tivermos mulheres na política, nós não teremos políticas para mulheres, porque nós sabemos aquilo que precisamos. Eu tenho feito essas conversas com muitas mulheres no Estado afora e tenho descoberto muitas pessoas com vontade de participar da política, isso é animador. Por isso, nós temos a obrigação de incentivar essa participação e de levar informação para entender esse cenário majoritariamente masculino e participar dele”, apontou a coordenadora da Escola do Legislativo da Alesc, que também pôde contar a sua trajetória de vida, sua participação e experiência na política como prefeita reeleita de São José entre os anos 2013 a 2020.

 

A programação contou com a palestra intitulada “Candidaturas Femininas: o que diz a legislação”, ministrada pela presidente da Comissão de Direito Eleitoral da OAB/SC, a advogada Claudia Bressan da Silva Brincas. A ministrante apresentou a palestra de forma mais objetiva e menos técnica abordando a política, as eleições e algumas políticas para incentivar a participação das mulheres na política.

 

Iniciou trazendo um apanhado histórico da presença das mulheres na sociedade, falando da existência de uma barreira histórica estruturante, o que chamou de machismo estrutural desde o Brasil Império. Apontou que a Constituição de 1934 e o Código Eleitoral trouxeram alguns direitos, como o direito de as mulheres votarem, mas com limitações. Também falou da Constituição de 1988, que trouxe a previsão de igualdade entre homens e mulheres e a Lei de Cotas. Abordou ainda alguns avanços para incentivar a participação das mulheres, como a inclusão das mulheres no registro de candidatura e sobre o fundo partidário e eleitoral, como incentivos financeiros.

 

Outro ponto apontado como política afirmativa para incentivar a participação das mulheres foi a minirreforma eleitoral de 2021, com a Emenda Constitucional n° 111, que, segundo ela, trouxe a questão da contagem em dobro dos votos para as eleitas deputadas federais. Também relatou e lamentou os casos de violência de gênero na política, nos espaços de poder e dentro dos partidos políticos, e ressaltou as alterações na Lei das Eleições, no Código Eleitoral e no Código Penal, que trazem condutas previstas no combate à violência da mulher na política. Por fim comentou sobre a iniciativa da OAB/SC que instituiu a paridade dentro da instituição, dizendo que hoje todos os órgãos são obrigados a ter 50% de homens e 50% de mulheres.

 

Logo após ocorreu a mesa redonda “Mulher, Política e os Cenários para 2022”, com a participação da coordenadora da Escola do Legislativo da Alesc, Adeliana Dal Pont, e das vereadoras de Blumenau, Cristiane Loureiro e Silmara Miguel. Todas contaram um pouco das suas trajetórias de vida, das suas participações e experiências na política. Inclusive a vice-presidente, a vereadora Silmara Miguel, lembrou que na semana passada ocupou a presidência da Câmara de Blumenau, pela primeira vez na história da cidade, sendo a primeira mulher a assumir o cargo. 

 

Veja Também!

O álbum de fotos do evento

 


Fonte: Assessoria de Imprensa CMB  |  Foto: Denner Ovidio | Imprensa CMB

This is a unique website which will require a more modern browser to work!

Please upgrade today!

Skip to content