Menu

Vereadores mirins aprovam quatro projetos de lei mirins nesta segunda-feira

Vereadores mirins aprovam quatro projetos de lei mirins nesta segunda-feira

A Câmara Mirim de Blumenau realizou, na tarde desta segunda-feira (26), a 12ª sessão ordinária da atual legislatura. A reunião aconteceu no plenário.

No início da sessão, ocuparam a tribuna livre o médico pediatra Dr. Paulo Roberto Imthon, a Coordenadora do Banco de Leite de Blumenau, Elisabeth de Souza, a vereadora mirim suplente Emily Marschalek Nascimento, representante da Escola Barão do Rio Branco, e o vereador Adriano Pereira (PT).

O Dr. Paulo Roberto Imthon abordou o Projeto de Lei-Mirim nº 02/2019, que determina a prescrição de suplementação de ferro a todas as crianças na faixa de 3 até 24 meses de idade. Ele ressaltou que se a criança não for estimulada e bem nutrida até em torno dos 2 anos acontece a poda neuronal, ou seja, o que não é usado é deletado pelo organismo, por isso a importância da nutrição adequada, além de estímulos, carinho e educação. “O ferro participa da construção do cérebro, de áreas da memória, e a deficiência de ferro leva a uma menor velocidade do impulso nervoso, podendo causar problemas no desenvolvimento escolar, refletindo em baixos salários no futuro, e consequentemente em um país mais pobre”, explicou.

Na sequência a Coordenadora do Banco de Leite de Blumenau, Elisabeth de Souza, falou sobre a importância do leite materno por ocasião do Agosto Dourado, que tem a amamentação como temática. “O leite é um alimento completo, com água, proteínas, vitaminas, ferro, é o padrão ouro da alimentação infantil. Não existe nenhum produto que possa ser comprado que seja melhor do que o leite materno”, disse. Ela acrescentou que o Banco de Leite tem a principal função de ajudar as mães a alimentarem seus bebês, mas que também realiza a coleta, transporte, controle de qualidade e distribuição de leite doado, por isso convocou as mulheres que têm leite sobrando que possam realizar a doação.

A vereadora Mirim suplente Emily Marschalek Nascimento, representante da Escola Barão do Rio Branco, falou sobre a Amazônia, pedindo consciência e responsabilidade na proteção da floresta. “Esse local maravilhoso, rico em biodiversidade está sendo destruído, morrendo aos poucos, sendo devastado pelos seres humanos. A cada minuto 12 a 20 hectares desaparecem do mapa da Amazônia, o que significa que uma espécie de animal é extinta a cada meia hora”, alertou.

Em outro momento ocupou a tribuna livre o vereador Adriano Pereira, que parabenizou os vereadores mirins pela seriedade e dedicação como têm conduzido os mandatos mirins. Ele ainda comentou o projeto de lei mirim que proíbe a inaugurações de obras inacabadas ou incompletas no município. Lembrou que a proposta já tramitou na Câmara de Vereadores, sendo um projeto de sua autoria, não tendo sido aprovado, mas que agora há mais um elemento para a discussão do projeto. “A Assembleia Legislativa recentemente aprovou esse projeto de lei e isso pode fazer com que essa ideia agora tenha êxito”, assinalou.

Logo após, os vereadores mirins fizeram seus discursos na tribuna. Entre os assuntos abordados estavam a depressão, direitos das mulheres e a influência das redes sociais no comportamento de jovens e adultos.

Projetos e Proposições

Durante a Ordem do Dia, os parlamentares mirins discutiram e votaram os requerimentos de Nºs 96 a 103, além das Moções de Louvor nº 18 a 24/2019, de autoria do vereador mirim Lucas Theiss Luiz. Todos os documentos foram aprovados.

Também foram aprovados os seguintes projetos de lei mirim:

Projeto de lei mirim nº 02/2019, de autoria do vereador mirim Efraim Calebe Mertens, representante do Colégio Shalom, que determina a prescrição de suplementação de ferro a todas as crianças na faixa de 3 até 24 meses de idade.

Projeto de lei mirim nº 03/2019, de autoria do vereador mirim Gabriel Ianczkovski, representante do Colégio Bom Jesus Santo Antônio, que institui o “Programa Horta Comunitária”.

Projeto de lei mirim nº 04/2019, de autoria do vereador mirim Júlia Ohana Machado Paz, representante da Escola Básica Municipal Visconde de Taunay, que “torna obrigatório aceitar passagem escolar para transporte aos domingos e feriados em todas as linhas urbanas no âmbito da cidade de Blumenau.

Projeto de lei mirim nº 05/2019, de autoria da vereadora mirim Adriely de Melo, representante da Escola Básica Municipal Professor Rodolfo Hollenweger, que dispõe sobre a proibição de inaugurações de obras inacabadas ou incompletas no âmbito do município de Blumenau, sem condições de atender aos fins a que se destinam ou impossibilitadas de entrar em funcionamento imediato.

Os projetos de lei mirim aprovados são encaminhados aos vereadores e podem tramitar como projetos de lei na Câmara Municipal.

A próxima sessão mirim está agendada para o dia 9 de setembro, às 9 horas, no plenário da Câmara Municipal.

Requerimentos aprovados:

Requerimento Nº 96 – De autoria da vereadora mirim Camila Coelho, representante da Escola de Educação Básica Professor João Widemann. O documento pede providências no sentido de consertar os buracos localizados na Rua Franz Volles, Bairro Itoupava Central, até o Aeroporto Quero-Quero, na Rua Dr. Pedro Zimmermann, nº 4505, Bairro Itoupava Central.

Requerimento Nº 97 – De autoria do vereador mirim Gabriel Reitz Buerger, representante do Colégio Alfa Castelo. O documento pede providências no sentido de fiscalizar e, se for o caso, determinar a complementação da sinalização podotátil para deficientes visuais nas calçadas em toda a extensão da Rua dos Caçadores.

Requerimento Nº 98 – De autoria da vereadora mirim Júlia Bertoldi Hoffmann, representante da Escola Barão do Rio Branco. O documento pede providências no sentido de implantar aulas de educação ambiental nas fases primárias das escolas da rede municipal de ensino.

Requerimento Nº 99 – De autoria do vereador mirim Gabriel Ianczkovski, representante do Colégio Bom Jesus Santo Antônio. O documento pede providências no sentido de fechar o buraco existente na Rua Caetano Deeke, na altura do número 111, Centro.

Requerimento Nº 100 – De autoria do vereador mirim Gabriel Ianczkovski, representante do Colégio Bom Jesus Santo Antônio. O documento pede providências no sentido de fixar corretamente a sinalização viária presente na Rua Heinrich Hosang, na altura do número 95, Bairro Victor Konder.

Requerimento Nº 101 – De autoria do vereador mirim Gabriel Ianczkovski, representante do Colégio Bom Jesus Santo Antônio. O documento pede providências no sentido de reafixar a placa de proibido estacionar e parar presente na Rua Ronaldo Baumgarten, antes da esquina com o Corpo de Bombeiros Militar.

Requerimento Nº 102 – De autoria do vereador mirim Gabriel Ianczkovski, representante do Colégio Bom Jesus Santo Antônio. O documento pede providências no sentido de reprogramar o tempo do semáforo presente na Rua 7 de Setembro, acesso à Rua Marechal Floriano Peixoto.

Requerimento Nº 103 – De autoria do vereador mirim Matheus Feliciano de Azevedo, representante da Escola Básica Municipal Machado de Assis. O documento pede providências no sentido de colocar uma faixa de pedestres no cruzamento da Rua Guilherme Scharf, Bairro Itoupavazinha, próximo ao Posto Ipiranga e a loja Bateria de Carro 24 horas, próximo também ao número 16.

 

Veja Também!

A playlist completa no canal do youtube para assistir as sessões mirins

Galeria de Fotos do Instagram

 


Fonte: Assessoria de Imprensa CMB
Foto: Lucas Prudêncio | Imprensa CMB

This is a unique website which will require a more modern browser to work!

Please upgrade today!

Skip to content